Menu fechado

COMO FUNCIONA?

1 – Você propõe seu projeto em um formulário online (em breve)

2 – Nós avaliamos e te informamos rapidamente

3 – Ao ser aprovado, você cadastra os dados do projeto e sua conta bancária

4 – Você decide qual o percentual que quer contribuir com a Bombozila

5 – Ao longo da campanha o recurso vai sendo depositado automaticamente em sua conta

6 – Depois de finalizado seu projeto pode ser lançado na Bombozila

GUIA RÁPIDO PARA UMA BOA CAMPANHA

1 – Planejar – crie peças específicas para cada rede social para não soar repetitivo. Utilize plataformas que permitam agendar as postagens e monitorar métricas e resultados. Como MLabs e outras. Crie uma agenda temática de posts para cada dia da semana.

2 – Criar Expectativa – comece sua comunicação com uma estratégia ‘teaser’ para antecipar algumas imagens e frases, sem revelar a totalidade do projeto. O famoso “Vem Aí o Documentário XXX’ uma ou duas semanas antes de começar a campanha propriamente.

3 – Mobilizar – uma campanha de financiamento colaborativo é mais que captar recursos para a sua produção. É também uma excelente oportunidade de aproximar, engajar, qualificar e difundir os valores do seu coletivo ou grupo para sua audiência e possíveis apoiadores. E criar interesse da sociedade na sua produção. Por isso, crie canais de interação com seu público como grupos de Whatsapp, Lista de Emails e Grupos de Facebook.  Crie enquetes para avaliar o interesse e o envolvimento do seu público com o tema do seu documentário. Canais de interação que podem ser mantidos até o lançamento do projeto, alimentados com fotos e videos de making of, etc.

4 – Criar Metas – campanhas de financiamento em geral levam 90 dias, portanto estabeleça metas para as etapas do seu projeto, de maneira que ele vá crescendo conforme elas sejam batidas. Em alguns casos pode considerar ampliar a produção e o tempo de filmagem caso metas sejam batidas por exemplo, ou incluir um circuito de projeção em comunidades depois de finalizado, ou outras cidades no roteiro de produção. A idéia é que conforme aumente o envolvimento das pessoas com seu projeto mais ele vá sendo qualificado e ampliado, e produzindo colaborativamente.

5 – Pensar em outras formas de colaboração – na Bombozila encorajamos também que outras formas de colaborar com os documentários possam ser praticadas. Nesse sentido, considere suas necessidades de equipe técnica, produção e logística de realização, equipamentos e transporte, crie canais para que profissionais do audiovisual e demais pessoas possam também oferecer suas capacidades e fortalecer a produção partir do colaborativismo.

6 – Participar de Eventos – exponha seu projeto, monte uma banca com postais e panfletos, projete o teaser e o vídeo de campanha, em eventos de coletivos e organizações parceiras. Esse espaço é um momento importante para aproximar sua campanha de um público que ela não alcançou nas redes sociais. Em alguns casos, se possível, vale ter um computador disponível com internet para que pessoas possam fazer doações durante o evento.

7 – Distribuir sua Campanha para a Imprensa – projetos de documentários relevantes, que dialogam com o momento atual e discussões de interesse público em geral mobilizam a imprensa. Considere então produzir um release de imprensa com informações sobre o documentário e a campanha e compartilhar com contatos jornalísticos. Uma ação de imprensa mais efetiva envolve além de enviar releases por email um contato direto, as vezes por telefone, ou por chat. Claro, que vai depender de quão acessível é o jornalista. Faça contato direto com veículos de mídia independente e proponha pautas, entrevistas com os personagens do seu doc, com a equipe.

CHECK LIST √

1 – Produza um vídeo de curta duração explicando seu projeto e pedindo o apoio da sua rede (pode ajudar ter um teaser do documentário de 2 minutos de duração para ser incluído na proposta. Este segundo vídeo deveria ser mais baseado no tratamento estético do documentário em si);

2 – Descreva seu projeto incluindo o porquê ele é relevante, que impactos sociais ele visa alcançar, e como pretende construí-lo, distribuí-lo, e em quanto tempo;

3 – Liste a equipe envolvida e um pouco da experiência dos principais envolvidos;

4 – Liste personagens e a importância deles no contexto social;

5 – Liste as contrapartidas. Que tipo de agradecimentos seus doadores receberão por apoiar;

6 – Indique claramente o orçamento e como ele será usado em todas as etapas;

7 – Crie metas e melhorias ao projeto caso as metas sejam batidas;

8 – Planeje uma campanha de redes sociais (produza peças, fotos, live streamings, tudo que possa mobilizar sua audiência a contribuir com o projeto);